Como administrar melhor o seu tempo

alarm-clock-590383_1920

Sua rotina envolve metas a alcançar, prazos a cumprir, ligações, relatórios, planilhas..enfim, uma infinidade de tarefas e problemas para solucionar. Mas chega o final do dia e muita coisa ainda ficou pendente, você se sente cansado e desestimulado e no dia seguinte, começa tudo de novo.
Saiba que todo esse acumulo de ações não finalizadas pode ser um reflexo da sua falta de organização. Quando temos nosso tempo bem organizado, nosso dia é mais produtivo e damos conta de realizar tudo o que precisamos.

Saber gerir nosso tempo é saber mensurar o que é prioridade, quanto tempo cada tarefa consome e em qual ordem elas devem ser executadas. Esses são passos básicos que, junto com as dicas que iremos dar a seguir, irão ajuda-lo a chegar ao final do dia com a sensação de dever cumprido. E essas dicas valem tanto para quem é funcionário de alguma empresa, trabalha em home office, é empreendedor ou autônomo.  

Lembre-se que, organizando bem sua rotina de trabalho, você terá uma vida pessoal de mais qualidade, pois estará menos estressado e com mais tempo para atividades que lhe dão prazer, como estar com a família, praticar esportes ou ir ao cinema.

 

  • Organize seu ambiente de trabalho

    • Comece o seu dia organizando seu local de trabalho. Pode parecer perda de tempo, mas um ambiente arrumado cria uma sensação positiva e, além disso, você terá uma visão ampla de onde está cada coisa e não perderá tempo precisando procurar por documentos ou objetos. Siga a mesma dica para seus arquivos e pastas no computador.

 

  • Priorize o que é mais importante

    • Para isso, tenha uma agenda e liste quais são as suas tarefas do dia. Coloque-as por ordem de prioridade. Você pode definir essa ordem, por exemplo, baseado na urgência de alguma tarefa, no tempo que ela leva para ser realizada ou no grau de dificuldade da mesma. Procure deixar as tarefas que você considera mais difíceis e que tomam mais tempo para o início do dia, assim, ao final do dia, você terá que resolver apenas pendências mais corriqueiras ou que você já está mais habituado e seguro.

 

  • Planeje-se

    • Listar suas tarefas do dia é muito mais do que apenas colocá-las na sua agenda. Entenda o que você precisará para solucionar cada atividade e quanto tempo cada uma delas levará, dessa forma, você saberá se realmente terá tempo suficiente para realizar todas as ações que pretende para aquele dia. Com isso, você poderá se dedicar com atenção e eficiência para cada ação, sem precisar fazer tudo correndo e se sentirá com a sensação de dever cumprido ao final do dia. Ou seja, não programe para o seu dia mais do que poderá executar.

 

  • Solucione um problema de cada vez

    • Tendo listado a ordem de importância de cada atividade do seu dia, concentre-se e foque em realizá-las uma de cada vez. Comece e termine cada tarefa, evite deixa-las pela metade ou tentar resolver várias coisas ao mesmo tempo. Isso faz com que você perca tempo e chegue ao final do dia com diversas coisas pela metade e nada resolvido. Inicie uma tarefa e vá até o fim.

 

  • Faça pausas

    • Ficar muito tempo focado em uma mesma tarefa pode ser cansativo e, em um dado momento, pode fazer com que você se desconcentre e sua produtividade caia. Por isso, faça pausas ao longo do dia, levante, tome um café, olhe pela janela e respire fundo. Dessa forma você não se sentirá exausto e desgastado por uma mesma ação e voltará com fôlego para dar continuidade no trabalho.

 

  • Cuide das distrações

    • As redes sociais são as grandes vilãs da produtividade. Checar o facebook a cada 5 minutos, ficar batendo papo no whatsapp ou vendo fotos no instagram irão tomar muito tempo do seu dia e, quando você se der conta, não terá terminado tudo o que tinha planejado. Use a tecnologia a seu favor, com aplicativos úteis que podem ajuda-lo na sua organização ou para realizar pesquisas para algum trabalho.
      Se as redes sociais são parte do seu trabalho, tenha foco e acesse apenas as páginas e o conteúdo que dizem respeito as suas tarefas. Seja objetivo e não desvirtue.

 

  • Descubra seus pontos fortes

    • Busque entender quem você é, no que você é bom e em que tem dificuldades. Use seus pontos fortes a seu favor e trabalhe suas dificuldades para que você as enfrente e evolua. Esse autoconhecimento será muito positivo tanto na sua vida profissional quanto na sua vida pessoal.

 

  • Antecipe-se

    • Se possível, ao final do seu dia de trabalho, procure sempre deixar a agenda do dia seguinte já preparada. Assim, você evita de levar para casa as preocupações do trabalho e chegará no dia seguinte já ciente do que precisa fazer.

 

Dicas para organizar o seu plano de vendas

Iniciando os posts com conteúdo do 1º Workshop Lili Biju, que abordou o tema Técnicas de Vendas, falaremos hoje sobre o Plano de Vendas, que foi distribuído para as consultoras e consultores presentes no Workshop.

O Plano de vendas é essencial para ajudar na organização do seu trabalho, na definição das suas metas e nas ações que você deve executar.

O ideal é organizar o seu plano de vendas por mês, assim você pode ter um controle mais rigoroso de quais metas você alcançou e quais aspectos você precisa aprimorar para o mês seguinte.

Para iniciar o seu plano de vendas, você deve definir as seguintes metas:

  • Valor da meta de vendas para o mês;
  • Valor da meta de vendas diária;
  • Quantidade de produtos que pretende vender no mês;
  • Valor médio dos produtos que pretende vender no mês (levando em consideração a quantidade de produtos que pretende vender e o valor de vendas total que pretende alcançar no mês);
  • Quantidade de clientes que você pretende contatar por dia;
  • Quantidade de clientes que você pretende visitar por dia.

Definir essas metas é extremamente importante, pois elas irão guiar o seu trabalho ao longo do mês.

Mas, para que você chegue no seu objetivo ao final do mês, é crucial que você defina metas alcançáveis. Não adianta estipular um valor de venda maior do que você sabe que conseguirá atingir. Comece estipulando valores e quantidades dentro da sua realidade e, conforme você for atingindo essas metas ao longo dos meses, aumente gradativamente esses valores. Assim, você não se sentirá desestimulado por não bater suas metas e perceberá melhor o seu crescimento ao longo dos meses.

Para que você possa realizar todas essas metas, ter um mês de sucesso em vendas e crescer cada vez mais, é preciso se dedicar. Para te ajudar a colocar seu plano em ação temos algumas dicas valiosas:

  • Liste os clientes

    • Relacione me um caderno ou planilha os dados cadastrais das suas clientes. Mantenha um histórico das suas visitas, com o valor médio de compras e frequência de cada cliente além de seus interesses. Com isso você terá uma base de dados forte para contatar suas clientes quando tiver novidades que possam interessá-las e poderá ter uma noção do valor médio de vendas que você pode realizar naquele mês.

 

  • Invista em publicidade

    • Crie grupos nas redes sociais para divulgar seu trabalho como consultora, compartilhe as fotos dos produtos que são postados na página da Lili Biju no seu perfil, faça seu cartão de visitas e conte para as pessoas que você é uma Consultora.

 

  • Telefone para os clientes

    • Sempre que tiver alguma novidade que você sabe que interessará ao cliente ou quando o cliente passar um período maior sem realizar nenhum compra. Lembre-se sempre de falar com entusiasmo, ser educada e saber perceber o cliente para evitar ser inconveniente, procurando não prolongar muito a ligação.

 

  • Agende suas visitas

    • Agendar suas visitas permite que você organize melhor o seu dia. Reserve um bom período de tempo para cada cliente, evitando marcar muitas visitas uma logo seguida da outra. Lembre-se que você tem o tempo de deslocamento entre as visitas e, é melhor você chegar antes e aguardar, do que fazer a cliente ficar esperando. Procure ligar um dia antes ou algumas horas antes no dia do atendimento para confirmar com a cliente, evitando que você perca tempo.

 

  • Prepare-se para a visita

    • Organize seus cartões e material de divulgação; deixe os pedidos já feitos por sua cliente separados; mantenha seu kit arrumado e escolha mais algumas peças que são do gosto de sua cliente para apresentar a ela; cuide da sua aparência.

 

  • Controle as vendas e o alcance das metas

    • Fique atenta ao deixar peças com clientes para receber depois, opte por fazer a reserva da peça até o período em que a cliente se comprometeu a ter o dinheiro para a compra. De qualquer forma, procure manter um registro de quais são as peças pelas quais você ainda não recebeu, os valores e combine com o cliente uma data para o pagamento. Busque por meios alternativos de recebimento, facilitando a venda e evitando o calote.
    • Ao final de cada visita faça o registro de quais peças você vendeu e os valores e ao final do dia faça o balanço das vendas. Assim você poderá avaliar quanto ainda precisará vender para atingir a sua meta estipulada para o mês.

 

Seguindo essas dicas você irá notar que o seu fluxo de trabalho irá melhorar, você terá todo seu controle de vendas mais organizado e se sentirá mais estimulada a realizar suas vendas.

Em breve teremos mais posts com conteúdos do 1º Workshop Lili Biju para ajudá-las a melhorar suas técnicas de venda.

Comentem o que acharam das dicas e compartilhem com a gente se vocês tem alguma ação que gera bons resultados e que não citamos aqui!

5 dicas (cientificamente comprovadas) para se sentir mais confiante

ferries-bueller

Manter a segurança no trabalho e na vida pessoal sempre exige algum esforço e a tarefa pode parecer bastante difícil em certas ocasiões. Mas a confiança, apesar do que muitos acreditam, é algo que pode ser conquistado e reforçado com pequenas atitudes, praticadas em diversos momentos: pouco antes de uma importante entrevista de emprego ou quando estiver se sentindo pouco otimista sobre algum desafio, por exemplo.

Separamos cinco dicas para melhorar a autoconfiança sempre que precisar:

1 – Relembre momentos de confiança

A nota 10 em um trabalho da faculdade, o discurso feito na formatura ou aquela entrevista de emprego que deu certo: segundo um estudo publicado no periódico Journal of Experimental Social Psychology, relembrar os momentos em que você esteve verdadeiramente confiante pode ajudá-lo a se sentir mais determinado e, como resultado, mais confiante.

 

2 – Aprenda um novo idioma

Estudar outra língua ou praticar atividades que melhoram as habilidades cognitivas pode aumentar sua satisfação pessoal, segundo estudo publicado pelo Departamento de Negócios, Inovação e Competências do Reino Unido. A pesquisa afirma que aulas de arte ou idiomas, por exemplo, diminuem as chances de ficarmos deprimidos, o que consequentemente impulsiona a autoconfiança e ajuda a aumentar as aspirações pessoais.

 

3 – Analise seu guarda-roupa

A ideia de estar “vestido para o sucesso” parece ter algum sentido: pesquisadores da Universidade Northwestern, nos Estados Unidos, descobriram, em um experimento, que voluntários vestidos com um jaleco branco de médico — peça de roupa associada a qualidades como inteligência e proteção — demonstram melhor desempenho em diversos testes. O estudo sugere que aquilo que você veste pode afetar diretamente seu nível de segurança e confiança durante atividades profissionais.

 

4 – Inspire-se em sua celebridade favorita

No lugar de se sentir inadequado ao observar a beleza e talento de algum famoso, o exercício de relacionar essas características consigo mesmo pode ajudar a construir mais confiança. Um estudo publicado na revista Personal Relationships mostrou que, quando pessoas com baixa autoestima descrevem qualidades positivas que enxergam em suas celebridades favoritas do mesmo sexo e nelas mesmas, é comum se sentirem mais confiantes para desenvolver melhor algum atributo pessoal.

 

5 – Corrija a postura

A postura correta é marca registrada da confiança e pesquisas também comprovam isso: um estudo publicado pelo periódico Psychological Science afirma que manter uma postura ereta e “expansiva” faz com que você se sinta automaticamente mais seguro. Em uma palestra do TED Talks, a psicóloga Amy Cuddy também explica que, ao corrigir sua postura, os níveis de testosterona tendem a subir e os de cortisol — associado ao estresse — diminuem. Para promover essa mudança, Cuddy sugere manter uma pose tipicamente confiante por dois minutos pouco antes de passar, por exemplo, por uma importante entrevista de emprego.

 

*Matéria original do site Revista Galileu (http://revistagalileu.globo.com/Sociedade/noticia/2017/01/5-dicas-cientificamente-comprovadas-para-ser-mais-confiante.html)