que biju

que biju

Uma das bijuterias que mais inspiram poesia São as pérolas, pequenas esferas de magia Cultivadas com esmero pelas ostras do mar Elas encantam e seduzem quem as vê brilhar

Em seu interior, um segredo guardado Um grão de areia que foi transformado Em uma joia preciosa, tão delicada Que em colares e brincos é cobiçada

Pérolas, pérolas, tesouro do oceano Símbolo de pureza, de amor e de engano Quem as usa, sabe que está elegante E que brilha como um diamante

Mas cuidado, pois por trás do glamour Está um mundo que às vezes é amargo e duro Ostras que sofrem para produzir As pérolas que tanto fazem sorrir

Assim é a vida, cheia de paradoxos De beleza e de espinhos, de risos e de choques Mas quando se encontra uma pérola verdadeira O coração se enche de alegria e espera.

Deixe um comentário